‘O poço e o pêndulo’ no palco do CCBB

Na segunda-feira, 19 de setembro, das 18h30 às 20h, no Teatro I, o Centro Cultural Banco do Brasil dá início ao ciclo Histórias Extraordinárias, com a apresentação do monólogo ‘O poço e o pêndulo‘, clássico de Edgar Allan Poe, uma adaptação minha. Escrito especialmente para o projeto, o texto será apresentado, na forma de leitura dramática, pelo ator Zécarlos Machado, com direção de Eduardo Tolentino, ambos do grupo teatral paulistano Tapa. Após a leitura, Zécarlos, Tolentino e eu participaremos de um bate-papo, mediado pela escritora e filósofa Marcia Tiburi.

O Projeto
Dirigido ao público jovem, Histórias Extraordinárias acontecerá na penúltima segunda-feira de cada mês, de setembro de 2016 a fevereiro de 2017, das 18h30 às 20h, e tem por objetivo levar ao palco do Teatro I, do CCBB, seis clássicos da literatura fantástica e de terror, adaptados por dramaturgos do Rio de Janeiro e de São Paulo e apresentados, na forma de monólogos, em leituras dramáticas, por grandes atores e atrizes brasileiros. Contando com recursos de imagem e de som, as performances teatrais terão em média 40 minutos de duração e serão sempre seguidas de debate com o ator, dramaturgo e diretor, mediado por Marcia Tiburi. O público poderá participar com intervenções e perguntas.

Além de O Poço e o Pêndulo, que inaugura o ciclo, serão levados à cena os clássicos: ‘Viagem ao centro da Terra’, de Júlio Verne, por João Paulo Cuenca; ‘Frankenstein’, de Mary Shelly, por Sergio Róveri; ‘A cor que caiu do espaço’, de H.P. Lovecraft, por Beatriz Carolina Gonçalves; ‘Drácula’, de Bram Stoker, por Pedro Kosovski; ‘A guerra dos mundos’, de H.G. Wells, por Daniela Pereira de Carvalho.